Estado de SP tem nova redução em fatalidades no trânsito
Abril registra queda de -3,3% em óbitos causados por acidentes. No ano, redução é de -6,1%, o que equivale a 107 vidas poupadas

O Estado de São Paulo registra nova redução no número de fatalidades no trânsito. Segundo dados do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, programa do Governo do Estado, abril registrou 436 óbitos contra 451 casos no mesmo período do ano passado, queda de -3,3%. Nos primeiros quatro meses de 2018, a redução é de -6,1%: 1.642 óbitos contra 1.749 em 2017.

A maior redução nos índices se deu entre ocupantes de automóveis. Em abril deste ano, foram registradas 99 fatalidades contra 112 no ano passado, queda de -11,6%. O grupo representa 22,7% das fatalidades no Estado em abril e no ano acumula redução de -3,9% (374 fatalidades contra 389 no ano passado).

Motociclistas são as principais vítimas no transito e representam 34,2% dos casos em abril. No mês, foram registradas 149 vítimas deste grupo, aumento de 7,2% na comparação com 2017 (139). No acumulado do ano, há redução de -3,4% com 561 óbitos de janeiro a abril contra 581 no mesmo período do ano passado.

Pedestres aparecem em segundo lugar entre as vítimas no Estado, com 126 fatalidades em abril e aumento de 4,1% na comparação com 2017 (121). No ano, a redução é de -7%, com 463 vítimas neste ano contra 498 no período anterior. Já ciclistas correspondem a 7,6% das vítimas no Estado em abril com 33 ocorrências, redução de -13,2% na comparação com 2017 (38 casos). No ano, o aumento é de 7,2% (119 vítimas em 2018 contra 111 em 2017).

O Infosiga SP fornece também a localização dos acidentes. Vias municipais concentram 55% das fatalidades no Estado, contra 38,5% em rodovias (6,5% das ocorrências não trazem com precisão esse dado). Homens (80,1%), jovens com idade entre 18 e 29 anos (26,1%) e condutores dos veículos (54,4%) permanecem como as principais vítimas de acidentes que se concentram no período noturno (53%) e nos fins de semana (46,6%).

Maio Amarelo

No período em que são celebrados a Semana Mundial de Segurança no Trânsito da ONU e o Maio Amarelo, o Governo de São Paulo apoia mais de 1.200 iniciativas para conscientizar a população sobre comportamentos de risco. As ações são realizadas por órgãos de governo, municípios e demais parceiros do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito.

Eventos em escolas, distribuição de folhetos em semáforos e muitas outras iniciativas serão desenvolvidas. Muitas delas nos municípios conveniados ao Movimento Paulista, que concentram 78% da população e 69% das fatalidades no Estado. Outra frente é a conscientização nas rodovias. Ações voltadas para motoristas, motociclistas, caminhoneiros e ciclistas serão desenvolvidas pelo Artesp, DER e Polícia Militar Rodoviária.


Governo do Estado de São Paulo