Campanha incentiva a direção responsável no verão
Com o tema “Verão é tudo de ON, fique OFF no trânsito.#FocaNaVida”, Movimento Paulista alerta sobre os perigos do uso do celular no trânsito

Nesta quarta-feira (28/11), o Governo de São Paulo lançou uma nova campanha de conscientização sobre direção responsável. O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, em parceria com a Artesp e Detran.SP, promovem ações com tema “Verão é tudo de ON, fique OFF no trânsito.#FocaNaVida”em rodovias e cidades para combater comportamentos de risco como o uso indevido do celular.

De acordo com dados do Infosiga SP, o número de ocorrências aumenta consideravelmente no período. A falha humana é o principal fator de risco e está presente em 94% dos acidentes.

“Ao analisarmos as estatísticas do Infosiga SP, sistema de dados do Governo de São Paulo para fatalidades no trânsito, verificamos que o verão é um dos períodos mais críticos. As ocorrências aumentam não somente nas rodovias, mas também dentro das cidades, principalmente as que recebem um grande fluxo de pessoas”, explica a coordenadora do Movimento Paulista, Silvia Lisboa.

O mês de dezembro é o que mais concentra acidentes graves. No ano passado, 523 fatalidades foram registradas, número 11% maior do que a média mensal (cerca de 470 óbitos). O aumento se dá principalmente nas rodovias, que supera a casa dos 15% devido ao aumento do fluxo, mas chama a atenção o fato de que as vias urbanas concentram mais da metade das fatalidades.

Os principais comportamentos de risco apontados pelo Movimento Paulista de Segurança no Trânsito são o excesso de velocidade, beber e dirigir, dispensar o cinto de segurança e distrações causadas pelo uso do celular.

Responsabilidade e bom humor

A campanha traz de volta a simpática foca que tem estrelado as últimas campanhas do Governo de São Paulo para promover a segurança no trânsito. As ações de mídia têm como principal alvo os jovens com idade entre 18 e 34 anos, que representam 1 em cada 3 vítimas no trânsito. A ideia de colocar a foca na campanha vem dos memes da internet, uma linguagem que possui maior aderência junto a esse público. O objetivo é levar ao engajamento por meio dos canais digitais, principal meio de comunicação utilizado nesta campanha.

Os perigos do uso indevido do celular é o grande destaque da campanha e tema de filmes que serão veiculadas em emissoras de TV e redes sociais, além de spots de rádio e banners na mídia online. Segundo dados do CESVI Brasil, acessar redes sociais no celular a 100 km/h equivale a dirigir por mais de 100 metros de olhos vendados, mais do que suficiente para provocar um acidente grave.

Nas cidades e nas rodovias

As mensagens do Detran.SP buscam impactar as pessoas que transitam dentro das cidades. São 5 filmes que serão veiculados na TV e nos canais em redes sociais, onde o celular pode representar um problema não apenas para os condutores dos veículos, mas também pelos pedestres. "É fácil se distrair com o celular. Tanto motoristas quanto pedestres devem manter a atenção no trânsito. Esta é a melhor forma de se evitar acidentes”, afirma o diretor-presidente do Detran.SP, Maxwell Vieira.

As rodovias e as cidades atendidas por elas são o foco das ações da Artesp. Além dos filmes para TV e internet e spots de rádio, a agência que regula as rodovias concedidas à iniciativa privada também instalará 900 placas com mensagens educativas nas cancelas de pedágio e distribuirá 360 mil ventarolas para quem passar pelas cabines e às pessoas impactadas em ações de conscientização nas estâncias turísticas. "A direção consciente deve ser incentivada sempre. Com o considerável aumento de fluxo nesse período, é importante enfatizarmos essa mensagem. Uma boa viagem é, principalmente, uma viagem segura", diz o diretor-geral da Artesp, Giovanni Pengue Filho.

Além do celular, a campanha do Governo de São Paulo também abordará a importância do uso do cinto de segurança no banco traseiro e do respeito aos limites de velocidade, além dos riscos de beber e dirigir. Dicas de segurança no trânsito e outras informações úteis para o período estão disponíveis no site Chegou o Verão.


Governo do Estado de São Paulo